Tudo e Todas as Coisas l Resenha

Tudo e Todas as Coisas é um livro que (supostamente) começa branco e termina colorido, mas sua história tem um início colorido, divertido e interessante e um final branco, clichê e sem graça.

ttac1

Madeline Whittier vive envolta pelas mesmas paredes por 18 anos. Ela é uma menina da bolha, que tem a rara doença que a torna alérgica ao mundo e a obriga a ficar presa dentro de casa. O primeiro romance de Nicola Yoon é um jovem adulto que fala de amor e drama.

Peguei esse livro para ler, pois a capa me chamou atenção, ouvi muitas pessoas falando dele, e claro, queria conhecer a trama antes de assistir ao filme, que estreia dia 15 de junho.

Muitas coisas me fizeram gostar de TTAC, como a forma de narrativa que o autora escolheu, que mistura os capítulos com desenhos, gráficos, listas, e-mails e afins. Isso torna a leitura mais rica e dinâmica, e fazem as 300 páginas passarem voando. A forma de escrever da autora também é muito gostosa, é simples e leve sem se tornar infantil.

Outro ponto positivo são os personagens. Todos são cativantes e estão ali por um motivo, seja para tornar a vida dos protagonistas mais fácil ou difícil. A Maddie e o Olly não são adolescentes irritantes, eles tem conteúdo, personalidades fortes e diversas conversas sobre o mundo e a razão da vida.

ttac3ttac4

Agora indo para os pontos fracos, a história começa muito bem, e nos faz gostar e simpatizar com a Maddie logo de cara, que apesar de sua doença não é uma pessoa triste ou amarga, ela já aceitou sua condição e tenta viver da melhor maneira que pode, sem pensar muito no “Mundo Lá Fora”.

A narrativa realmente se inicia quando o Olly se muda para a casa vizinha e os dois vão aos poucos se conhecendo e se interessando um pelo outro. Achei fofa a parte do romance, principalmente porque não é algo que acontece do nada, mas é construído e toma um tempo para se concretizar.

Atenção, spoilers!

ttac5

Porém conforme avançamos Madeline faz uma escolha que afeta o rumo da história e nos leva para o final que eu não gostei. A partir do momento que ela decide fugir de casa e viajar com o Oliver para o Havaí, fiquei esperando as consequências desse ato, afinal o corpo dela pode ceder a qualquer momento.

O ataque vêm, apenas depois de dar tempo suficiente para os pombinhos se amarem e curtirem a ilha paradisíaca. Maddie vai parar no hospital, sua mãe finalmente chega atrás da filha e ao sobreviver ela volta para sua velha casa e sua velha vida “Do Lado De Dentro”.

Nesse momento acreditei que a autora seria corajosa e terminaria o livro ali, com a Maddie tentando se reajustar e o Olly indo embora, porém algumas páginas depois chega um e-mail: a médica do Havaí acha que a protagonista não tem doença nenhuma e sofreu apenas um caso de virose comum.

Com essa dúvida plantada, Whittier vai atrás das respostas e acaba sabendo que ela nunca foi doente. Tudo aconteceu pois sua mãe nunca se recuperou da morte de seu pai e irmão e prendeu a garota em casa para não perdê-la também.

No fim das contas, a conclusão foi fácil, clichê, sem graça e apenas um artifício para um final feliz (olá, Jimmy Bolha, o filme de 2001). Odiei ver o potencial desse romance jogado fora. Não acho que finais felizes devam ser a exceção, mas chega uma hora que cansa. Acho que depois de Como Eu Era Antes de Você, eu queira ler mais histórias com essa coragem, que provam que nem sempre o amor é sinal de felicidade eterna.

Gostei da experiência de ler Tudo e Todas as Coisas, mas fechei o livro decepcionada e não quero assistir ao filme se for sair do cinema com esse mesmo sentimento.

Nota: rating

ttac6

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s